sábado, 25 de fevereiro de 2012

Usina de processamento de mandioca - ACODECOL

A ACODECOL, associação comunitária de caracol traz para seu município a usina de beneficiamento da mandioca onde fará o processamento do produto descascando, limpando e no processo final a mandioca congelada. Toda essa iniciativa pelo desenvolvimento da cidade pela ACODECOL cujo presidente BENTO AFONSO afirma com muita esperança que essa usina trará aos moradores mais empregos e assim trazendo uma melhor renda no município, é bom lembrar que a usina de beneficiamento de mandioca irá trazer desenvolvimento socioeconômico para a população pois serão disponibilizado 50 vagas de emprego dentro da usina e também trazendo serviços e lucro as chácaras e sítios dos pequenos produtores ao redor da cidade, alem dos assentamentos da reforma agrária e agricultores familiares da região.
Todo esse investimento que a ACODECOL está fazendo na Agroindústria tem como utilidade também uma nova forma de comercio da mandioca, pois a produção brasileira no ano passado, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento – Conab, foi de 22,6 milhões de toneladas de raízes que possui sais minerais como o cálcio, ferro e fósforo. Desse total, apenas 0,5% são exportados. Toda a mandioca do País é consumida em forma descascada e cortada em pedaços, farinha e polvilho. A nova ideia da usina também segundo declaração de Liziane Bomfim componente da direção da instituição é que não só terá mandioca congelada, mas também vários produtos derivado da mandioca como o bolo, pão de mandioca, biscoitos e polvilho, sem esquecer-se do processador de frutas oferecendo o melhor produto como conserva de frutas e a própria polpa.

“há cinco anos trabalhamos com Agricultura Familiar e nesse tempo todo identificamos o perfil do agricultor do mato grosso do sul voltado a raízes tubérculos e a mandioca é a campeã em produção no Mato grosso do sul, por isso sentimos a necessidade de instalar uma usina de beneficiamento para favorecer a comercialização por um preço justo, o que beneficiara inicialmente em media 1.500 produtores.” Disse Liziane Bomfim.

O complexo da fabrica de mandioca beneficiara pequenos produtores de mandioca da região o empreendimento alem de garantir melhorias na qualidade de vida dos produtores e permitira a maior valorização do produto e sempre com o apoio do projeto PAA – Programa de aquisição de alimentos e na conclusão de todo o processo vem o PNAE- Programa nacional de alimentação escolar que é a compra do produto para a merenda escolar.
Segundo informações contidas na entrevista ao presidente da ACODECOL BENTO AFONSO na revista via Pantanal “a previsão é que ela seja inaugurada depois do carnaval, mais ainda depende das câmaras frias, mas para inauguração já foi confirmada a presença do ministro da Secretaria-Geral da Presidência da republica, Gilberto carvalho e o Governador André Puccinelli”.
E essa é mais uma indústria a serviço da ACODECOL rumo ao crescimento e desenvolvimento do nosso município.

Nenhum comentário: